sábado, 24 de janeiro de 2015

A DOR FEITO FLOR (*)

Os dentes do desejo, armas brancas afiadas para os beijos. A linguagem dos beijos, fauna e flora de figuras e desejos. Miosótis a florzinhazul no jardim, uma que também se chama não-me-esqueças, não-te-esqueças-de-mim. Amálgamas do lodo, o homem e sua alma: o lobo, a loba. Almas irmãs, almas-ímas, almas gêmeas, umbilicais, iguais a um par de algemas. Labirintos de achados e perdidos, os corações. Cachos de amora, os lábios maduros de amor. Cachos de sangue, os corações caídos de dor. A dor feito flor. Miosótis no jardim. Não-te-esqueças-de-mim.
(*) Copydesk/fragment by EUGENIO SANTANA, jornalista, escritor, ensaísta, consultor, analista de marketing digital e relações públicas – Encantador de pérolas, esmeraldas e diamantes...

domingo, 11 de janeiro de 2015

AS MULHERES SÓ QUEREM TER RAZÃO (*)

“Precisamos conversar. Quero falar e você vai me escutar: Você tem medo de quê?”– questionam as mulheres. E o homem sabe que é inocente, que não fez nada de errado – pelo menos não tão errado assim – mas ainda assim recua. E a hesitação é a sua perdição. O poder de argumentação de uma mulher parece infindável, até porque é um novelo. O fio é conhecido, já foi todo mostrado, mas é outra vez desenrolado como se tudo ali fosse novo; assuntos dados como resolvidos voltam com a força de um titã, como revelações avassaladoras gravadas em pedra e os golpes são dados com a precisão de esgrimista. Você tem medo de quê? A pergunta sempre volta, reforçando os golpes, mantendo o homem nas cordas, acuado. Toda mulher tem uma certeza na vida: alguma culpa ele tem, mesmo que ela não saiba, muito menos ele. A elas não interessa o nocaute, a capitulação final. As mulheres só querem ter razão. São elas que determinam o fim da discussão, mas sempre depois de exauridas as forças do parceiro que concorda ainda atordoado. Também são elas que propõem as inegociáveis condições para a paz entre o casal.
No final de tudo, a gente não sabe por que a discussão começou, nem ao que levou. Mas sabe que vai ter mais. Sempre tem. (*) Jornalista/Escritor EUGENIO SANTANA, FRC – Registro MTb 1319/JP – O encantador de pérolas, esmeraldas e diamantes...